09/09/2020


 


 


1. Procure maneiras de relaxar

o cortisol, hormônio do estresse, e a adrenalina, por períodos longos, podem comprometer as defesas do corpo.

Procure atividades relaxantes que te interessem, como ler um livro, praticar um instrumento musical ou assistir um filme. Sem pressão de produtividade ou necessidade de desenvolver alguma habilidade: o objetivo dessas atividades é descontrair, não gerar um estresse diferente.

2. Faça atividades físicas em casa

As atividades físicas liberam endorfinas, aumentando o bem-estar e diminuindo o cortisol, o que permite o melhor funcionamento do sistema imunológico. O aumento da frequência cardíaca, decorrente dos exercícios, faz com que as células brancas saiam de seus pontos de espera.

Manter uma rotina de exercícios é uma das dicas para melhorar a imunidade mais importantes.

Caso tenha um personal trainer, peça para que ele monte uma série de exercícios que você possa fazer em casa, com o que já possui. Se não contar com essa facilidade, uma dica é procurar por academias e profissionais que estão fazendo aulas online. Lembre-se de respeitar seus limites e tomar cuidados redobrados, pois não terá a assistência de um profissional por perto.

3. Mantenha uma rotina de sono

O descanso necessário é extremamente importante não apenas para a imunidade, mas para a saúde física e mental como um todo. Poucas horas de sono estimulam a liberação do cortisol, que mais uma vez aparece como “vilão” da imunidade.

Manter uma rotina regular de sono, procurando dormir 8 horas por noite é fundamental. Vale a pena tentar dormir e acordar todos dias no mesmo horário, inclusive em fins de semana, para que seu corpo se acostume e você consiga descansar da melhor maneira.

4. Combata o tabagismo

Além de causar inúmeros problemas para o corpo, principalmente para o sistema respiratório, o tabagismo representa uma ameaça à imunidade. Segundo o Inca, “os fumantes são acometidos com maior frequência por infecções, como sinusites, traqueobronquites, pneumonias e tuberculose”, e estão nos grupos de riscos do novo coronavírus.

Tratamentos antitabagismo, como os adesivos de nicotina, auxiliam no combate ao vício.

O tabagismo é uma condição que é melhor combatida com a ajuda dos amigos, da família e de um profissional. Converse com um médico de sua confiança e peça orientações de como é melhor agir no seu caso, podendo recomendar tratamentos, como adesivos e gomas de nicotina.

5. Hidrate-se o dia todo

Para ter um corpo saudável e sistema imunológico equilibrado, é essencial manter-se hidratado. Por isso, sempre tenha sua fiel garrafinha de água ao alcance das mãos.

A desidratação é um risco mais comum do que se imagina. Ela atrapalha na defesa do corpo e no transporte de nutrientes e substâncias, debilitando todos os sistemas.

Além de beber bastante água, outra dica para melhorar a imunidade é apostar em frutas ricas em líquidos, como melancia, assim como sucos e vitaminas.

6. Evite o álcool

O consumo exagerado de álcool traz diversas consequências para o corpo, como problemas no fígado e desidratação. Esses efeitos enfraquecem as proteções naturais, tornando-o mais suscetível a infecções.

Por isso, maneire na quantidade consumida, principalmente em situações de isolamento social.

Outra preocupação é que o consumo excessivo em um período de ansiedade e isolamento possa induzir ao alcoolismo e outros transtornos. A grande recomendação é não utilizar o álcool como válvula de escape.

7. Consuma chás específicos

Para quem gosta de formas naturais de fortalecer o corpo, uma das melhores dicas para aumentar a imunidade é consumir chás recomendados para esse fim. Além de ajudar o seu corpo, nada como uma xícara de chá, não é mesmo?

Algumas boas recomendações são o chá de boldo, de limão e de equinácea. Prefira adoçar utilizando mel ou adoçantes naturais.

8. Fique de olho na alimentação

Uma alimentação equilibrada é essencial para possuir qualidade de vida, e também é uma dica para melhorar a imunidade. Dê preferência a alimentos frescos e preparados em casa, para ter um controle maior sobre o que é ingerido, garantindo uma alimentação mais saudável.

fonte: drogarialiviero



0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA