10/06/2019







Frio na barriga, borboletas no estômago... Quando nosso estado de nervosismo aumenta de repente, a sensação é difícil de descrever. Mas não é à toa que está sempre relacionada ao estômago: isso tem um explicação científica.
Este órgão, também conhecido como segundo cérebro, tem nada menos que 100 milhões de neurônios. Quando a reação do cérebro passa pelo estômago, ocorre a sensação de formigamento. 

Os momentos mais comuns em que essa sensação ocorre geralmente estão associados a situações que produzem certo nervosismo misturado com emoção e entusiasmo, como o primeiro encontro com alguém que você gosta.


De onde vêm as borboletas? 


Esta vibração interior que percebemos na área do estômago está ligada às emoções e pensamentos que temos. Ocorre da mesma forma que o mecanismo de defesa atua contra uma possível ameaça percebida pelo nosso cérebro: os níveis de adrenalina e cortisol aumentam e os músculos ficam tensos. Estes sintomas podem ou não vir acompanhados de:


·     Aumento da frequência cardíaca
·     Aumento da pressão arterial
·     Maior frequência respiratória
·     Náusea

Sensação primitiva

Acredita-se que este impulso involuntário remeta à evolução do homem pré-histórico, que precisava estar sempre preparado para caçar ou enfrentar um perigo iminente. O "frio na barriga" servia como um alerta natural do corpo.

É ruim sentir borboletas no estômago? 

Não, desde que não se torne algo muito habitual no seu dia a dia. Caso vire um incômodo, melhor procurar ajuda profissional, pois pode se tratar de transtorno de ansiedade ou alguma outra doença neurológica ou do estômago.


                  fonte: vix


0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA