05/01/2017




Eles são os queridinhos da dieta, mas a verdade é que incluí-los no cardápio como tática para sanar a fome no meio da tarde pode acabar não tendo o resultado esperado.
Não estamos dizendo que você deva eliminá-los do menu, mas, sim, combiná-los a outros alimentos para potencializar o efeito da saciedade e tirar proveito de todos os benefícios que eles proporcionam.
Suco de frutas
Você sabia que virar um copão no meio da tarde pode deixar você se sentindo com o estômago vazio não muito tempo depois disso? Isso porque, apesar de serem campeões no quesito vitaminas e minerais, quando se trata das fibras, o assunto é um pouco diferente.
E é aí que está o X da questão: beber o suco não substitui a necessidade de consumir a fruta em si, que apresenta muito mais fibra do que sua versão líquida. “Uma boa opção é batê-las juntamente com a casca para elevar a quantidade de fibra e, consequentemente, diminuir o índice glicêmico”, explica Gabriela Cilla, nutricionista da Estima Nutrição, em São Paulo.
Pão integral
Apesar de serem ricas em fibras, as fatias moreninhas acabam sendo mais processadas do que outras opções integrais, como os próprios grãos, a exemplo da quinoa e da chia.
Além disso, o pão possui pouca proteína e gordura boa, macronutrientes responsáveis por aquela sensação duradoura de saciedade. Para contornar o problema, escolha cobrir as fatias com ovos ou abacate.
Smoothie verde
Ele tem poucas calorias e promete desintoxicar o organismo, mas o excesso de açúcar proveniente das frutas e a falta de proteínas da bebida vai fazer com que você volte a ficar com fome rapidinho.
Por isso, priorize os vegetais às frutas e adicione um pouco de whey protein à mistura. “Procure também não coá-lo para preservar as fibras naturais da couve e dos outros ingredientes”, conta a especialista.
Clara de ovo
A omelete de claras é uma das preferidas por quem busca uma alimentação mais regrada. No entanto, a parte mais clara do ovo não contém gordura, o que vai fazer com que seu estômago ronque antes da hora.
A solução é adicionar cor ao preparo: de preferência, o amarelo da gema, que carrega uma série de nutrientes benéficos além de proteína e gordura boa, que sustentam o organismo.
Leite desnatado
A gordura – novamente ela – é o nutriente que falta nessa versão da bebida para garantir a saciedade prolongada, já que ela torna a quebra do açúcar do leite mais lenta, estendendo o tempo da digestão e deixando você com aquela sensação de estômago cheio. “Tente compensar a fome causada por essa falta de gordura com uma dose extra de fibras solúveis, como com uma porção de aveia ou de granola.”
Picles
Apesar de fazerem maravilhas pelo intestino e regularem a flora intestinal – o que tem tudo a ver com emagrecimento – eles são bem salgados. Mas qual a relação entre o sabor e a saciedade?
É que o sal faz com que você se sinta com mais sede, o que acaba sendo confundido com fome na maioria das vezes. A saída é beber bastante água para evitar o problema.
Biscoitos integrais
Eles são compostos por muito mais carboidratos do que fibras de fato. Então se você é daquelas que não abre mão de um biscoitinho no lanche da tarde, tente combiná-lo com algo mais encorpado, como uma pasta de ricota ou de grão-de-bico.

Revista boa forma
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA