14/11/16




1. Alergias e erupções na pele

e você nunca sofreu reações alérgicas e de repente nota que está coberto de brotoejas ou erupções vermelhas, é muito provável que seja uma manifestação do estresse.
Quando o organismo apresenta este tipo de transtorno, o sistema imunológico tende a se desequilibrar e o corpo inicia a liberação da histamina química.
Se ele não é controlado a tempo, podem surgir a urticária e outras alterações cutâneas. De fato, por este mesmo fator a pele pode desenvolver sensibilidade a coisas que antes não eram um problema.

2. Dores de cabeça contínuas

As cefaleias e enxaquecas são sintomas comuns naqueles que têm que resolver situações difíceis e estressantes o tempo todo.
Isso é produto da liberação de algumas substâncias químicas que interferem na atividade do sistema nervoso e os vasos sanguíneos do cérebro.
Também é comum que afete os músculos e cause o que se conhece como dor de cabeça tensional.

3. Mal-estar estomacal

Uma ampla variedade de transtornos digestivos tem a ver com os constantes episódios de estresse físico e mental.
Os hormônios alteram o funcionamento do trato gastrointestinal e causam sintomas como o acúmulo de toxinas, os gases e a inflamação.
Em alguns casos inclusive aumenta o número de vezes que o cólon se contrai, o que se traduz em mais cólicas e diarreias.

4. Resfriados constantes

O cortisol liberado por causa deste problema provoca um bloqueio no sistema imunológico que diminui sua capacidade para combater os patógenos que afetam a saúde respiratória.
Há uma alta probabilidade de que as pessoas estressadas contraiam um resfriado, herpes ou outras doenças bacterianas e virais.
O pior de tudo é que, se este problema não for superado, é difícil que os tratamentos para combatê-los funcionem.

5. Surgimento de acne

Todos sabemos que a acne é um problema cutâneo que pode decorrer de diversos fatores. Ainda que os adolescentes sejam a população mais afetada, os adultos também podem apresentá-lo por culpa do estresse.
Ao que parece, ele se apresenta por um desequilíbrio hormonal no qual o cortisol predomina sobre as outras substâncias.
Este hormônio interfere na atividade das glândulas sebáceas da pele e aumenta a sua produção de óleos.
Este excesso de sebo que vai se acumulando pouco a pouco nos poros é o que causa o surgimento de cravos e espinhas.

6. Insônia

A insônia e as dificuldades para conseguir um sono reparador têm muito a ver com o estado emocional e os hábitos que temos durante os dias.
Um organismo estressado provoca dores musculares, foca os pensamentos em soluções angustiantes e perde sua capacidade de dormir o tempo adequado.
O mais grave de tudo é que, com o passar dos dias, o corpo desenvolve condições física que diminuem a qualidade de vida.

7. Cansaço excessivo

A fadiga ou cansaço extremo é uma reação normal do corpo quando não descansa o suficiente e se submete de forma contínua à tensão física e mental.
Este sintoma vem acompanhado de alterações no humor que incluem a depressão, a ansiedade e a irritabilidade.
Você se identifica com estes sinais? Se nos últimos dias você tem sofrido com o estresse, solicite um exame médico e busque alternativas para diminuí-lo em seu dia a dia.
fonte: melhorcomsaude


0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA