07/11/16




Antes de mais nada, consulte a etiqueta e confira nas informações do fabricante, para saber se a peça pode ser levada à máquina. Em seguida, retire a fronha e a capa protetora e coloque o travesseiro na máquina de lavar na posição vertical, não ultrapassando duas peças por lavagem. Use o ciclo frio e, prefira utilizar sabão líquido ao invés de sabão em pó, que pode deixar resíduo no tecido. Complete com vinagre para substituir o amaciante.

Para travesseiros de viscoelástico, látex ou espuma comum, a lavagem não é recomendada, mesmo com enxágue, pois o poliuretano reage intensamente a qualquer líquido em contato. Neste caso, a higiene da capa removível é imprescindível. No caso de a capa não ser removível, recomenda-se que seja feita higienização do travesseiro a seco.

Lavagem a seco

Travesseiros de pena de ganso ou plumas devem ser lavados a seco. Para isso, ou você tem um vaporetto, ou levá-los à lavanderia é o mais indicado.

Como secar

A secagem é uma etapa muito importante, pois deve ser feita por completo. Se você deixar o travesseiro úmido, isso irá favorecer a propagação de ácaros e, consequentemente, futuras alergias. 

Na secadora: Coloque os travesseiros na máquina de secar, selecione uma temperatura baixa. Se possível, interrompa a secagem, afofando e sacudindo o travesseiro e retornando à máquina. Pode ser que leve mais de um ciclo para que o travesseiro fique totalmente seco.

Ao ar livre: Evite colocar o travesseiro diretamente ao sol. O calor direto dos raios solares pode contribuir para a proliferação de ácaros, bactérias e fungos, além de deixar a capa do travesseiro amarelada. Os travesseiros devem secar a sombra, em local bem arejado e com luz solar indireta. Coloque-os na horizontal, em cima de um varal de chão ou grade até que estejam completamente secos.

fonte: vix

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA