08/08/16




Modelo disse ainda que seu filho, Benjamin, a chamou de popstar




Depois de encantar o Brasil e o mundo desfilando ao som de "Garota de Ipanema" na abertura das Olimpíadas do Rio, Gisele Bündchen já voltou aos Estados Unidos. Mas antes de partir, a top contou em entrevista ao "Fantástico", para a jornalista Glória Maria o que sentiu ao atravessar os 128 metros do Maracanã naquele dia tão especial. "Eu tenho 22 anos de carreira e nunca tive uma emoção assim. Sou canceriana e só queria chorar. Senti toda aquela emoção", disse, afirmando que ficou muito nervosa ao entrar na enorme passarela. "No dia, bem cedinho, fui à praia, entrei no mar e pedi proteção, pois não podia cair, tropeçar. Meu salto não podia quebrar. Na hora minha perna ficou bamba, eu tinha uma calda enorme (no vestido)", explicou.

A modelo revelou o que as crianças acharam de sua performance. "A Vivi chorou quando me viu na TV. Pediu que me levassem de volta pra casa. E o Benjamin falou que eu parecia uma popstar", disse, aos risos. 


Gisele, que encerrou sua carreira nas passarelas após desfilar na São Paulo Fashion Week, em abril de 2015, explicou que teve que abrir uma exceção para os jogos olímpicos. "Nunca achei que eu fosse desfilar de novo, mas não tinha como dizer não para as Olimpíadas", ponderou. E completou, sorridente: "Estou muito feliz, me sinto realizada".

fonte:purepeople


0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA