09/08/16




Tanto o óleo de amêndoas como o azeite de oliva são muito recomendados, já que estimulam a circulação na zona e favorecem o crescimento do cabelo 


Todos sabem do poder que os óleos têm para sanar diferentes problemas de saúde. Por isso, nesta seleção você encontrará alguns que, graças as suas propriedades servirão para melhorar o aspecto de seu cabelo, principalmente se você desejar que eles cresçam mais rápido. 


Óleos para fazer crescer o cabelo: 

Os mais populares


Entre os óleos ideais para o cuidado do cabelo estes são os que são mais facilmente obtidos:
Óleo de coco: serve para limpar, proteger e nutrir o cabelo graças a sua composição química, e também por passar muito facilmente pela membrana celular.

Evita que o cabelo perca proteínas e substitui as que se perderam (óleos naturais) pela lavagem ou pela exposição às toxinas. Você pode utilizá-lo na forma de massagens no couro cabeludo logo depois do banho.
Azeite de oliva: certamente você o tem em sua cozinha. Use-o para reduzir o tamanho do folículo piloso. Bloqueia o hormônio diidrotestosterona, promove o crescimento do cabelo, libera os radicais libres, traz nutrientes e estimula a circulação.
Óleo de lavanda: nos cosméticos é um dos mais populares e um dos mais eficazes na prevenção da queda de cabelo. É também antisséptico, lutando contra vírus, fungos e micróbios.
Óleo de rícino: outro óleo eficaz contra a alopecia, contém um forte agente fungicida e antibacteriano, protege, hidrata e deixa o cabelo brilhante, forte e grosso.

Óleos para fazer crescer o cabelo: outras opções


Existem mais alternativas na hora de cuidar do cabelo. Estas são algumas:
Óleo de jojoba: não penetra no cabelo como outros óleos, e sim sela o folículo piloso e impede a penetração da umidade, além disso rompe a acumulação de sujeira, umas das causas do cabelo quebradiço.
Óleo de amêndoas: propriedades similares ao azeite de oliva, protege e hidrata, elimina as células mortas que se acumulam na pele, permite crescimento livre, alivia a inflamação do couro cabeludo, conserva os folículos e é eficaz para o tratamento da dermatite. 
Óleo de alecrim: estimula os folículos para que produzam novos fios, inibe a queda e a aparição de fios brancos, elimina a caspa e suaviza o couro cabeludo. Além disso, tem propriedades desinfetantes, previne a proliferação de bactérias.

Óleo de peixe: mesmo que não existam estudos que avaliem seus benefícios para o cabelo, sabe-se que este óleo se for ingerido na forma de cápsula, traz ácidos graxos ômega 3, entre outros. Estes ácidos ajudam desde o interior para melhorar a saúde externa e capilar.

fonte: melhorcomsaude
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA