07/08/16




Para tratar as alergias é muito importante parar de utilizar o objeto em questão e hidratar a área afetada com produtos que nos ajudem a melhorar a dermatite.

As pulseiras, brincos ou colares chamados de bijuterias são fabricados com diferentes materiais. Todos eles têm uma grande quantidade de níquel, que causa o que se conhece como “dermatite de contato”.
Aprenda neste artigo como tratar e combater a alergia às bijuterias.

Você tem alergia a níquel?

Se você experimenta alergia a este metal é porque tem usado de maneira prolongada algum objeto que o contém, mantendo-o em contato direto com a pele. O mais habitual é que a fonte do problema sejam as bijuterias.
Às vezes, ao colocarmos um anel ou brinco (ou outras joias), o uso constante faz com que um segundo elemento interaja, como por exemplo um detergente. Os sintomas da alergia a níquel são:
·Erupção
·Coceira
·Vermelhidão
·Bolhas
·Bolinhas
·Cascas
Os sintomas iniciais se desenvolvem entre as 6 e 24 horas depois de usar as bijuterias. Uma vez que a reação alérgica ocorre, ela pode durar alguns dias ou até semanas.
As alergias deste tipo aparecem tanto em homens quanto em mulheres, ainda que estas últimas as sofram mais por utilizarem diferentes joias continuamente. Um dos segredos é deixar de usar as joias assim que elas desencadearem a dermatite.
São vários os metais que podem causar alergias cutâneas. O níquel é o mais perigoso, já que é composto por uma liga ou combinação de vários materiais.
Além disso, ele está presente em uma boa quantidade de artigos além das joias:
·Fivela de cinto
·Utensílios de cozinha
·Maçanetas
·Produtos do lar
·Para que ocorra a alergia, o metal deve introduzir-se na pele. Isto ocorre com a exposição ou contato prolongado. As células absorvem esse elemento estranho e o levam até os gânglios linfáticos.
·Desta maneira o sistema imunológico se prepara para reagir cada vez que o níquel entra no corpo. Para nos alertar a respeito desta tarefa, ele causa estes sintomas ou sinais.
A erupção cutânea se desenvolve no lugar onde foi colocada a bijuteria e nos arredores. Isto quer dizer:
·No umbigo se é por causa do cinto.
·No lóbulo da orelha se for por causa de um brinco
·No dedo se for por causa de um anel
·No pescoço se for por causa de um colar
·No peito ou barriga se for por causa de botões

Como evitar a alergia às bijuterias?

Se você é alérgico a este tipo de material, é possível prevenir o desenvolvimento dos sintomas com alguns conselhos:

Utilize outro tipo de joia

Sem a necessidade de recorrer ao ouro ou à prata, que são caros, você pode optar pelo aço cirúrgico, por exemplo. Inclusive, o ouro branco pode conter muito níquel. O cobre, a platina e o titânio também o têm entre seus componentes.

Pintar o objeto com base para unhas

Não só serve para evitar a alergia, como também para que a joia não perca sua cor. Pinte com uma base para as unhas que você tenha e deixe secar por 24 horas. Se for daquelas pessoas que basta colocarem a joia para começarem a se coçar, então talvez deva aplicar várias camadas do produto. Tenha em conta que o esmalte também tem certos compostos que podem piorar a situação.

Envolva com plástico

Você também pode comprar o objeto diretamente com esse revestimento.Assim, a joia não entrará em contato com a pele. No caso de ser um anel, por exemplo, você mesmo pode pôr esse envoltório sem que fique evidente.

Use a saliva

Antes de usar um anel ou qualquer outra joia, uma boa recomendação é passar saliva na peça. Alguns afirmam que fazer isso pela manhã antes de escovar os dentes é melhor.
Talvez não seja muito agradável, mas pode funcionar. Este remédio caseiro também pode ser usado para curar brotoejas na pele.

Como aliviar dermatite por contato

Se você for alérgico a níquel e a joias, é provável que tenha uma pele muito sensível. Poderá experimentar os sintomas ao entrar em contato com vários materiais ou produtos, como por exemplo:
·Detergentes
·Sabonetes com perfumes
·Artigos com cromo
·Elementos com mercúrio (soluções para lentes, desinfetantes, próteses dentárias)
·Detergentes
·Látex (luva, balões, mamadeiras, pneus)
·Cosméticos (esmalte de unha, maquiagem)
·Perfumes ou loções
·Papel de jornal
·Algumas plantas
·Parafenilenodiamina (em tintas, tatuagens de hena, indústria têxtil).

Remédios naturais para a dermatite de contato

Preste atenção nas seguintes receitas naturais que podem ajudar a reduzir os sintomas:

Óleo de coco

Tem propriedades antibacterianas e também hidratantes para reduzir a vermelhidão, a descamação e o ressecamento. Para obter melhores resultados, aqueça o óleo de coco antes de aplicá-lo.

Aveia

Trata a irritação, as erupções e a coceira causadas pela dermatite de contato. Se a alergia for produzida em uma área grande do corpo, você pode mergulhar a área em uma bacia (ou banheira, se disponível) e jogar uma xícara de aveia na água.
Se for um lugar específico, faça uma pasta de aveia e água e aplique.

Vinagre de maçã

Serve para aliviar a inflamação e a coceira. Basta misturar partes iguais de água e vinagre e embeber um algodão. Aplique na área afetada e deixe agir por 30 minutos. Procure não enxugar para que a pele o absorva bem.

Aloe vera


É um remédio com excelência para os problemas de pele. Não deixe de ter uma planta de aloe vera em casa e usá-la sempre que for necessário. Basta abrir um talo e extrair seu gel. Em seguida, aplique-o sobre a dermatite e deixe que atue. 

fonte: melhorcomsaude
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA