09/08/16




"Todo mundo já sabe que essas meninas são mais bonitas que as do Faustão", avisa Silvio Santos enquanto suas bailarinas dançam no palco alguns sambas antigos, que variam de Bezerra da Silva, Moreira da Silva a Dicró, as músicas preferidas do dono do SBT, que fazem parte do repertório de sua fictícia rádio Cometa.

Enquanto sambam, as jovens aparecem sorridentes no vídeo, seguram plaquinhas de propagandas e escutam elogios e reclamações de Silvio.

"Ele comenta às vezes que umas estão sorrindo felizes, outras estão com o sorriso forçado, mas sempre estão sorrindo", conta Gabriela Montebelo, umas das bailarinas.

"Teve um dia que ele falou que quanto mais ele reza, mais assombração aparece", diverte-se a coréografa Luciana Maradei, responsável por ensaiar as 15 bailarinas para vários programas do SBT, entre eles "Programa Silvio Santos", "Domingo Legal", "Sabadão" e "Máquina da Fama".  

Silvio gosta de dizer que suas meninas são incomparáveis com as do Faustão, mas, se na Globo algumas delas conseguem crescer na emissora, como foi o caso de Juliana Alves, Julianne Trevisol e Carol Nakamura, que estreia na próxima novela das seis, "Sol Nascente", no SBT, elas não têm a mesma expectativa.

"Aqui na casa acho muito difícil porque nós somos o balé, não tem ninguém acima. Como carreira de bailarina, é muito difícil a gente ter essa pretensão de chegar em alguém e crescer na nossa área. Não temos equipe aqui dentro", explica Gabriela.

"Sou atriz também, seria legal fazer algo no SBT, mas são setores separados. Aqui dentro o que percebo é que o balé é muito uma coisa à parte. Ninguém chega pra gente e pergunta, 'olha você quer fazer um teste?', pelo menos foi o que reparei", completa Lia Levin.


Apesar da falta de oportunidade de crescer em outras áreas da emissora, as bailarinas são unânimes quando o assunto é a humildade de Silvio Santos nos bastidores do programa. Nos corredores do SBT, Senor Abravanel costuma cumprimentá-las e tem curiosidade em saber mais detalhes da carreira delas.
 
"Tenho uma história com uma outra bailarina que saiu daqui, ela queria uma foto com ele, ficamos esperando para tirar e na hora ele chamou nós duas no camarim e ficamos conversando. Silvio queria saber porque ela estava saindo. Pra mim foi uma experiência incrível, ele estava sem maquiagem, sem o terno de Silvio Santos. Ele perguntou porque ela estava saindo e disse: 'as portas estão sempre abertas quando você quiser voltar'. Ele queria entender a nossa profissão, como era, quis saber como está a dança fora do Brasil", lembra Kellin Sacchi. Contratada do SBT desde 2007, Larissa Guerreiro começou a trabalhar no programa "Fantasia" e atualmente faz parte do balé da emissora. Na época do seu casamento, ela precisou se afastar alguns dias da emissora.

"Como eu tinha que avisar que ia casar, dei um convite pro Silvio Santos. Entreguei para a Raimunda, a camareira dele, acabou que ele me deu presente, mandou um cartão e um jogo de taças de cristais maravilhoso. No cartão ele desejou tudo de bom pra mim e pro meu marido, que a gente tivesse filhos lindos e inteligentes, foi escrito por ele. Tenho guardado. Pra mim foi uma experiência muito bacana", conta ela, que guarda uma foto do cartão em seu celular.
 



Da esquerda para a direita, em cima : Priscila Santos, Caroline Rodrigues, Debora Santos, Gabriela Brito, a coreógrafa Luciana Maradei, Clara Favaro, Vitoria Chaguri, Pamela Matioli, Lia Levin, Gizelle Pavan, Talita Vidal e Egle Camoles. Embaixo: Mariana Godoy, Thayssa Silveira, Kellin Sacchi, Flavia Monteiro e Gabriela Montebelo

Driblando os imprevistos

Durante suas apresentações nos programas do SBT, as bailarinas já passaram por alguns imprevistos e a coréografa sempre dá um jeito de encontrar uma solução quando alguma música não ensaiada entra em cima da hora.

"A gente já recebe o que vai ter de músicas pela produção de cada programa. Às vezes a gente recebe no dia, mas um pouco antes de entrar troca, muda tudo, então a gente tem algumas sequências já prontas, que se encaixam em tudo, e eu consigo me comunicar enquanto elas estão dançando.", explica a coreógrafa.

Alguns incidentes já aconteceram ao vivo ou durante as gravações, mas nada muito grave. "Teve bailarina que segurou a plaquinha ao contrário. Já teve tombo. Já caí de bunda no Programa do Ratinho e não tinha como voltar. E ele ainda falou: 'a bailarina caiu, olha aí'", lembra a dançarina.

"Teve um dia que o próprio Silvio caiu na 'Telesena' e ficou ali deitadinho. Era gravado, ele podia parar mas quis continuar", completa ela, lembrando do episódio que aconteceu em junho de 2014.

Com roupas curtas e sensuais, Luciana Maradei explica que a escolha dos figurinos varia de acordo com cada programa que elas se apresentam.

"O 'Sabadão' é um programa em que a gente dança mais, então a gente sempre tenta pedir pras figurinistas roupas mais confortáveis para realmente dançar, subir a perna. Já no Silvio são vestidos mais curtos, é mais pra valorizar as meninas", conta.

E de fato valorizam e algumas vezes deixam Silvio Santos, 85 anos, até mais assanhadinho. Em um dos programas em que as bailarinas usaram figurinos dourados e brilhantes, o apresentador brincou que suas meninas usavam roupas de ouro e insistia em saber sobre a parte de baixo.

"As meninas aqui usam blusa de ouro, ouro em cima e ouro no sapato. Deixa eu ver a calcinha? Acho que é de ouro também. São as únicas moças da televisão que usam calcinha de ouro. Deixa eu ver. As meninas do Silvio Santos usam tudo de ouro, as do Faustão, não. Ele pegam lá os bagulhos da Globo pra elas", brincou Silvio enquanto elas se apresentavam no palco.

fonte: 180graus

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA