08/06/16




Existem dez dicas de aromaterapia específicas para a “melhor idade” e que podem auxiliar na prevenção e tratamento de doenças com o uso de óleos essências, são elas:
1.    Insônia
Através da aromaterapia, a insônia temporária ou crônica pode ser suaviazada. Existem alguns óleos essenciais que produzem um efeito profundo na mente e nas emoções, acalmando, diminuindo a ansiedade e ajudando a induzir o sono de forma segura e sem efeitos colaterais.
Neste caso, podem ser feitas as seguintes receitas:
Aromatização ambiental: coloque 6 gotas de OE de laranjano aromatizador elétrico  e cubra o restante com água.
Massagem: 60ml de óleo vegetal de germe de trigo + 15 gotas OE lavanda + 15 gotas OE bergamota. Massageie todo o corpo lentamente de modo a induzir ao relaxamento.
Banho: coloque 1 gota de OE ylang ylang e esfregue todo o corpo, em banho morno.
Outra opção é pingar 2 gotas de OE laranja no travesseiro antes de dormir.
2.    Hipertensão
Além da mudança de alimentação, no estilo de vida e acompanhamento médico, o hipertenso pode contar com alguns óleos essenciais que são considerados hipotensores, e irão auxiliar no tratamento para combate a hipertensão.  Uma das técnicas recomendadas para baixar a pressão sanguínea é a massagem, quando feita regularmente. Segue as dicas para a massagem e para o banho:
Massagem: dilua 15 gotas de OE lavanda + 15 gotas OE ylang ylang + 5 gotas OE bergamota em um frasco de 60ml de OV semente de uva. O ideal é repetir a massagem a cada semana.
Banho: 1 ou 2 gotas na bucha de OE lavanda ou OE ylang ylang (pode-se alternar) todos os dias. Esfregar todo o corpo.
3.    Sistema Nervoso
Os óleos essências de lavanda, de bergamota, alecrim e hortelã, são considerados analgésicos, atuam diretamente terminações nervosas aliviando a dor. Já os óleos de lavanda e laranja, são sedativos reduzem a hiperatividade do sistema nervoso. Existem ainda, os óleos antiespasmódicos, como o gerânio, o cipreste e o eucalipto, que acalmam os nervos responsáveis pela atividade muscular e os óleos nervinos que tonificam e beneficiam o sistema nervoso. Entretanto, alguns óleos possuem mais de uma característica como por exemplo, a bergamota, a lavanda, a rosa e o cipreste.
Algumas receitas que envolvem os benefícios destes óleos essenciais são:
Massagem relaxante: 60ml OV semente de uva + 25 gotas OE lavanda + 5 gotas OE ylang ylang. Utilize também como alternativa, o óleo corporal de Rosas e o de lavanda.
Banho relaxante: 1 gota OE lavanda na bucha. Passe em todo o corpo. Na banheira, pode-se colocar 5 gotas de OE lavanda + 3 gotas OE ylang ylang e misturar bem na água.
Aromatização ambiental: coloque 5 gotas de OE tangerina e cubra o restante com água.
4.    Pele seca, rachada e envelhecida
Com o aumento da idade, podem surgir alguns problemas de pele como rugas, descoloração, secura, rompimento de vasos e flacidez. A massagem no rosto é muito importante e estimula a circulação local. O óleo de lavanda é ótimo para auxiliar no crescimento de células novas. Abaixo as receitas:
Uso tópico: aplique no rosto todos os dias o óleo perfumado de rosas. Alterne no rosto, com outras misturas. Sugestões: 60ml OV germe de trigo + 20 gotas OE lavanda + 10 gotas OE gerânio. Outra opção: 60ml OV amêndoa doce + 10 gotas OE patchouli + 20 gotas OE lavanda + 10 gotas OE alecrim**.
Massagem: utilize as mesmas misturas acima. Massageie o rosto, couro cabeludo e pescoço.
Argila: use a argila da cor que preferir conforme a necessidade da pele. Misture 1 xícara de argila pronta + 4 gotas OE lavanda + 2 gotas OE gerânio + 1 gota OE patchouli + 1 colher de sopa OV castanha do Pará. Aplique no rosto e deixe agir por 20 minutos.
Compressa: coloque 5 gotas OE lavanda numa bacia de água morna. Embeba um chumaço de algodão e aplique no rosto durante 5 minutos. Repita até três vezes. Para fazer uso de compressa com freqüência, alterne com outros óleos como: gerânio, patchouli e alecrim.
Banho de vapor facial: 7 gotas OE lavanda + 7 gotas OE gerânio. Adicione numa bacia de água quente. Cubra a cabeça com uma toalha e deixe o vapor desobstruir os poros do rosto. Adicione 2 gotas de cada, a cada 5 minutos, por um total de 15 minutos. Este banho é indicado para se fazer antes do item “uso tópico” mencionado acima.
5.    Depressão
Alguns óleos são considerados antidepressivos. É necessário o acompanhamento de um terapeuta para avaliar qual mistura será eficaz, pois algumas pessoas podem apresentar diferentes comportamentos: inquietação, irritabilidade, insônia, ansiedade, etc. Para cada caso, será usada uma mistura diferente.
Óleos sedativos – lavanda e ylang  ylang.
Óleos que melhoram o humor, sem sedar – bergamota, gerânio e rosas.
Óleos para ansiedade – bergamota, cedro, cipreste, gerânio, lavanda, patchouli, rosas e ylang ylang.
A massagem e o banho em todos os casos são muito importantes.
Massagem: 60ml OV germe de trigo  (ou outro que preferir) + 30 gotas de óleo essencial escolhido de acordo com o tipo de desequilíbrio emocional. Para tanto, é necessário o acompanhamento do terapeuta. Algumas sugestões:
Para ansiedade: 60ml de óleo vegetal + 10 gotas OE cedro + 10 gotas OE lavanda + 10 gotas OE tangerina*.
Apatia: 60ml de óleo vegetal + 25 gotas OE alecrim + 5 gotas OE patchouli.
Melancolia: 60ml de óleo vegetal + 20 gotas OE lavanda + 10 gotas OE bergamota + 5 gotas OE hortelã-pimenta.
Irritabilidade: 60ml de óleo vegetal + 20 gotas OE lavanda + 7 gotas OE cipreste.
Fadiga mental: 60ml de óleo vegetal + 10 gotas OE hortelã-pimenta + 15 gotas OE lavanda + 5 gotas OE alecrim.
Banho: coloque 1 gota de óleo essencial na bucha. O óleo deve ser escolhido de acordo com a necessidade do paciente.
6.    Manchas senis
Aparecem geralmente pela exposição ao sol ao longo dos anos e são mais frequentes em pessoas de pele clara.
Uso tópico: 60ml OV copaíba +20 gotas OE lavanda + 10 gotas OE limão tahiti* + 10 gotas OE tea tree. Aplique nas manchas ou pintas todos os dias.
7.    Cabelos brancos e queda de cabelos
A receita contra a queda de cabelo é: 60ml OV copaíba + 20 gotas OE alecrim + 10 gotas OE lavanda + 7 gotas OE ylang ylang. Aplique a mistura direto no couro cabeludo, massageando com a ponta dos dedos e descendo até a ponta dos fios. Envolva com uma toalha morna e deixe agir por 2 horas. Lave em seguida com xampu neutro.
Já para a repigmentação dos cabelos brancos deve-se fazer a seguinte mistura: 60ml OV castanha do Pará + 20 gotas OE alecrim + 10 gotas OE ylang ylang. Aplique da mesma forma indicada acima. Esta receita favorece a pigmentação original dos fios, mas não atua como um “tingimento do cabelo”. Os resultados variam de acordo com cada pessoa.
A receita para a queda de cabelo e cabelos brancos: 60ml OV copaíba + 60ml OV castanha do Pará + 30 gotas OE alecrim + 20 gotas OE tea tree + 10 gotas OE ylang ylang. Aplique da mesma forma indicada acima.
8.    Falta de memória
O óleo de alecrim é conhecido por estimular as funções cerebrais, melhorar a memória e a concentração.  Para melhorar a memória, segue a receita:
Aromatização ambiental: adicione 6 gotas de OE alecrim no aromatizador e cubra o restante com água.
Banho: 1 gota de OE alecrim na bucha. Passar em todo o corpo. Este banho, além de refrescar a memória, traz boa disposição para começar o dia.
9.    Veias varicosas, pés cansados, doloridos e inchados
As receitas abaixo são misturas específicas para cada caso:
Massagem: 60ml OV semente de uva + 20 gotas OE eucalipto + 10 gotas OE cipreste. Esta mistura ativa a circulação e evita o inchaço. Massageie de baixo para cima e deite com as pernas um pouco elevadas.
Massagem: 60ml OV andiroba + 20 gotas OE cipreste + 10 gotas OE limão tahiti. Esta mistura ativa a circulação e evita o aparecimento de varizes, manchas roxas e diminui o cansaço das pernas. Massageie da mesma forma acima.
Escalda-pés: em uma bacia com água morna, adicione 3 gotas OE lavanda + 2 gotas OE lemongrass + 1 gota OE hortelã-pimenta. Deixe os pés descansarem por 20 minutos. Uma opção interessante é colocar bolinhas de gude no fundo da bacia e deslizar os pés sobre elas, massageando toda a extensão.
10. Artrite e Artrose
O reumatismo é um grupo de doenças que afeta as articulações, músculos e ossos, causando dor, inchaço, rigidez, deformação e limitação dos movimentos. Por exemplo, a artrite (inflamação das articulações) e a artrose (destruição dos tecidos que compõem as articulações). Alguns óleos essenciais podem ser muito úteis no sentido de aliviar a dor, e eliminar certas toxinas. As formas de utilização devem ser intercaladas entre compressas, banhos (eliminam as toxinas) e massagens (estimulam a circulação local). A seguir, as receitas a seguir sugerem a utilização dos óleos para cada caso:
Compressa: aplique no local um pano embebido com água morna. Acrescente 3 gotas OE vetiver + 2 gotas OE alecrim. Renove a compressa conforme esfriar e adicione novamente os óleos. Deixe por 20 minutos.
Massagem: 60ml OV andiroba + 20 gotas OE lavanda + 10 gotas OE gengibre + 5 gotas OE vetiver. Faça massagem no local suavemente.
Banho: coloque na bucha 1 gota de óleo essencial e massageie o local com a bucha. Alterne utilizando um a cada dia dos seguintes óleos: alecrim, gengibre, lavanda e vetiver.
Vale ressaltar a importância de que os óleos fotosensíveis não devem ser aplicados puros na pele e expostos ao sol. Além disso, o óleo não é indicado para uso em pessoas com histórico de eplepsia.

Fontes:
Cativanatureza e phytoterapica.wordpress.com

 

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA