20/06/16




Devido aos ciclos hormonais, é possível que o tratamento que antes era efetivo hoje não tenha nenhum efeito. Além disso, as enxaquecas podem se acentuar com a menopausa.


A enxaqueca afeta cerca de 13% da população e é um transtorno doloroso e incapacitante que incide, principalmente, sobre o sexo feminino. Por qual razão? Diversos estudos clínicos, como o realizado há alguns anos pela Unidade de Gastroenterologia e Nutrição do Hospital Quirón de Barcelona, dizem que, além de ser um problema hereditário, tem a ver com uma enzima muito específica.
A seguir listamos todas as informações para que você coloque em prática estes simples conselhos que, sem dúvida, lhe serão muito úteis.

1. O que causa a enxaqueca na mulher?

De acordo com o doutor Ramón Tormo, neurologista do Hospital Quirón de Barcelona, três de cada quatro pessoas que sofrem enxaquecas são mulheres. É muito possível que você mesma conheça o que implica viver com este problema, as faltas no trabalho e a longa peregrinação a médicos e especialistas até encontrar um tratamento adequado.
Por qual razão as mulheres são as que mais sofrem com as enxaquecas? E ainda mais… Existe um remédio efetivo que permite evitar as enxaquecas e ter uma melhor qualidade de vida? As conclusões às quais os médicos chegaram são as seguintes:

1. O déficit de uma enzima causa das enxaquecas na mulher

Começaremos realizando uma simples pergunta: alguém mais em sua família sofre com enxaquecas, além de você? De acordo com as conclusões deste estudo, a enxaqueca se deve ao déficit da enzima DAO (Diamino Oxidase).
Este déficit é também hereditário, ou seja, transmitido geneticamente de pais para filhos, e é o que ocasiona as temidas enxaquecas. Bom, qual a função desta enzima e por que seu déficit provoca tal problema? As respostas estão a seguir:
·         A enzima DAO é a encarregada de destruir uma molécula chamada histamina, que está presente em muitos dos alimentos que consumimos diariamente, como os laticínios, carnes, críticos. Uma vez degradada no organismo, é eliminada através da urina.
·         O que acontece quando temos um nível muito elevado de histamina no sangue? Ela se acumula no plasma originando processos inflamatórios, o que torna as digestões mais difíceis e também altera a bioquímica cerebral, o que provoca aaceleração do fluxo sanguíneo e a inflamação de diversos tecidos cerebrais.

2. A enxaqueca e as alterações hormonais na mulher

Existe outra interessante razão pela qual o déficit da enzima DAO afeta mais as mulheres. São as alterações hormonais que elas sofrem ao longo da vida devido a ovulação, as menstruações e à menopausa que aumentam as chances de ter o problema.
·         Os hormônios femininos e os ciclos menstruais provocam um déficit natural da enzima DAO, tornado habitual aquela clássica dor de cabeça durante o período menstrual. Agora, se além disso sofrermos com uma deficiência herdada de nossos progenitores, a situação se agrava ainda mais.
·         É interessante saber que, durante a gravidez, a placenta ativa a produção da enzima DAO para proteger o feto. Por isso, ao longo dos 9 meses não sentimos os incômodos efeitos da enxaqueca.
·         O fato das mulheres estarem submetidas aos ciclos hormonais faz com que o tratamento realizado seja efetivo em certos momentos e em outros não.Tudo dependerá do fato de estarem na fase pré-menstrual ou na menstruação ou se, pelo contrário, estarem já naquela etapa da vida chamada menopausa. Neste último caso, as enxaquecas podem ser experimentadas com mais intensidade.

2. Tratamento mais adequado para as enxaquecas

Agora você já sabe que o que se herda não são as enxaquecas em si, e sim o déficit da enzima DAO, o que já oferece uma possibilidade de recorrer a algum tratamento farmacológico que equilibrará o nível desta enzima.
No entanto, será sempre seu neurologista quem oferecerá os tratamentos mais indicados, pois apesar de 90% das enxaquecas serem causadas pela falta desta enzima, as causas dos outros 10% ainda são desconhecidas.
Quais estratégias podemos seguir para reduzir a incidência das enxaquecas? Uma delas é controlar as situações de estresse, pois são desencadeadoras de enxaquecas.
Além disso, reduza o consumo de todos estes alimentos que contêm histamina em sua composição:
·         Leite
·         Queijos curados
·         Iogurte
·         Vinho
·         Cerveja
·         Refrigerantes
·         Café
·         Farinha de arroz
·         Embutidos
·         Carnes curadas e carnes frescas
·         Legumes
·         Produtos vegetais fermentados como a soja
·         Peixes congelados
·         Berinjela
·         Vinagre
·         Chocolate
·         Anchovas em conserva
·         Acelga
·         Abacate
·         Sucos de frutas industrializados


fonte: melhorcomsaude
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA