24/04/16





Para poder se beneficiar das propriedades do chocolate, devemos consumi-lo o mais puro possível, ou seja, com 60 a 80% de cacau. 


O chocolate ao leite perde muitas das suas qualidades.


O chocolate amargo, um dos alimentos mais antigos do mundo, tornou-se popular graças ao fato de que finalmente foram rompidos os mitos que sugeriam que o alimento era prejudicial à saúde.
Em pequenas quantidades e com alto teor de cacau, seja em barra, derretido ou na forma de bombons, o chocolate proporciona ao corpo quantidades significativas de antioxidantes e uma ampla gama de benefícios que valem a pena serem descobertos.
Hoje em dia muitos estão aproveitando esta maravilha e estão se atrevendo a comer o chocolate com frequência sem sentir remorso algum.

1. Reduz a pressão arterial

O alto conteúdo de flavonoides do chocolate amargo atua como um estimulante do endotélio, a camada envolvente das artérias, para que libere óxido nítrico.
Uma das funções deste gás é a de relaxar as artérias, para melhorar o fluxo sanguíneo e, desta forma, controlar a pressão arterial alta.

2. Melhora a função cerebral

O consumo de chocolate com pelo menos de 60% de cacau melhora de forma significativa a função cognitiva em pessoas que tem algum tipo de deterioração.
Sua capacidade para estimular as funções cerebrais ajuda a reduzir o risco de demência ou transtornos degenerativos como o Mal de Alzheimer.
Além disso, graças ao seu conteúdo de cafeína e teobromina, tem um efeito imediato sobre o cérebro que ajuda a melhorar a concentração.

3. Previne danos ao fígado

Alguns gramas de chocolate amargo por semana podem ser úteis para prevenir o desenvolvimento de doenças no fígado.
Isto ocorre graças a ação dos antioxidantes do cacau, os quais reduzem o dano celular e a presença de toxinas derivadas dos radicais livres.   

4. Aumenta os níveis de colesterol bom

O cacau é composto em sua maioria por ácido esteárico e ácido oleico.
O ácido esteárico é um tipo de gordura saturada que não eleva os níveis de colesterol ruim no sangue. Por outro lado, o oleico é uma gordura monoinsaturada que tem a capacidade de reduzi-lo. 
Some a isso uma substância antioxidante chamada polifenol, a qual aumenta a presença do colesterol bom.

5. Protege a pele

Muitas pessoas se privaram do chocolate em sua adolescência porque diziam que era um dos causadores da acne.
No entanto, nunca foi possível comprovar tal afirmação e, pelo contrário, foi determinado que sua ingestão regular ajuda a proteger a pele dos danosos raios UV. 
Os componentes bioativos que o chocolate contém seriam os responsáveis por este importante benefício.
Especificamente, os flavonoides criam uma capa protetora contra o dano celular causado pelo sol e melhoram o fluxo sanguíneo para a adequada oxigenação da pele.

6. Ideal para melhorar o rendimento físico

Cada vez mais esportistas e atletas decidem comer chocolate amargo como complemento de seus treinamentos.
Isto se deve ao fato de que o chocolate é um alimento rico em magnésio, mineral essencial para fortalecer os músculos e melhorar o rendimento físico. 

7. Melhora o humor

Comer alguns pedacinhos de chocolate diante de uma queda de açúcar pode ser uma solução rápida para sentir bem-estar. 
Sua cafeína e demais químicos estimulantes reduzem a presença de cortisol no corpo e, no seu lugar, aumentam a quantidade de endorfinas e serotonina.

8. Reduz a tosse persistente

A teobromina, um dos componentes contidos no chocolate, atua de forma direta sobre o nervo vago, parte do cérebro que provoca os constantes ataques de tosse.
Por outro lado, contribui para suavizar a garganta, reduzindo a dor e a irritação.

9. Combate as rugas

O chocolate amargo figura no top 10 dos melhores a    limentos para conservar a juventude da pele. Seu elevado conteúdo de catequinas, conhecidas por suas propriedades antioxidantes, seria a razão deste maravilhoso benefício.
Na verdade, muitas indústrias cosméticas já o estão utilizando como princípio ativo de seus tratamentos antienvelhecimento. 
No entanto, basta ingerir alguns gramas semanais para se aproveitar desta qualidade interessante. Além disso, ele também pode ser adicionado aos tratamentos de beleza caseiros.
Para terminar, queremos lembrar que o importante é saber escolher o chocolate adequado para obter seus benefícios: o melhor é o amargo, aquele composto por 60% a 80% de cacau. 
O chocolate ao leite é delicioso, mas infelizmente perde muitas de suas qualidades nutricionais, é rico em açúcares e gorduras prejudiciais para o organismo.

          
          melhorcomsaude

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA