10/03/16



Pesquisa indicou que comer chocolate pelo menos uma vez por semana pode melhorar a memória e o raciocínio abstrato

Quem tem o hábito de comer chocolate pelo menos uma vez por semana pode ver sua memória e raciocínio abstrato melhorar, é o que aponta um estudo. As informações são do site do jornal The Thelegraph .

O doce é bom para o coração, reduz o risco de acidentes vasculares cerebrais e ajuda a proteger a pele do sol. E agora um novo benefício pode ser adicionado em sua lista de qualidades nutricionais: ele pode te deixar mais inteligente.
Um estudo publicado recentemente na revista Appetite , indicou que as pessoas que comem chocolate pelo menos uma vez por semana viram sua memória e o raciocínio abstrato melhorar. “É significativo, ele age em uma série de domínios cognitivos”, disse o psicólogo Merril Elias, um dos líderes da pesquisa.
O psicólogo começou a estudar as habilidades cognitivas de mais de 1.000 pessoas em Nova York na década de 1970, inicialmente olhando para a relação entre a pressão arterial e o desempenho do cérebro.
Há cerca de 15 anos, ele decidiu pedir aos participantes do Maine-Syracuse Longitudinal Study (MSLS) para contar o que comiam, adicionando um novo conjunto de perguntas sobre hábitos alimentares.
Liderando a análise do estudo, que foi realizado entre 2001 e 2006, Georgina Crichton, uma das pesquisadoras de nutrição da Universidade da Austrália Meridional, reconheceu a pesquisa como uma oportunidade única para examinar os efeitos do chocolate no cérebro.
Examinando as pontuações médias nos teste cognitivos dos participantes que comeram chocolate menos de uma vez por semana com aqueles que ingeriram ao menos uma vez por semana, os pesquisadores descobriram que quem comeu com mais frequência teve a função um desempenho cerebral superior.
Crichton explica que o resultado significa que essas pessoas desempenham melhor as tarefas diárias “como lembrar um número de telefone, sua lista de compras ou ser capaz de fazer duas coisas ao mesmo tempo, como falar e dirigir ao mesmo tempo”.
A fim de ver se as pessoas mais inteligentes simplesmente tendem a comer mais chocolates ou se a comida não tem relação com a função cerebral, os pesquisadores estudaram 333 participantes cujas habilidades cognitivas tinham sido testadas cerca de 18 anos antes de serem interrogados sobre seus hábitos alimentares. “Nosso estudo definitivamente indica que não é a capacidade cognitiva que afeta o consumo de chocolate, mas o consumo de chocolate afeta a capacidade cognitiva”, disse Merril Elias.
Estudos anteriores mostraram que os alimentos contendo nutrientes chamados flavonoides, tais como os chocolates, melhoram a função cerebral. Em 2014, uma pesquisa sugeriu que uma dieta rica em cacau pode ajudar a evitar a perda de memória, como a demência em idosos.
No entanto, o psicólogo salienta que eles não estão sugerindo que as pessoas consumam o doce de forma desenfreada. “Acho que podemos dizer é que você pode comer pequenas quantidades de chocolate caso não troque uma dieta equilibrada e saudável por ele”.

Fonte: Terra
Foto: Bruno Vincent/Getty Images

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA