28/02/16




Truques caseiros que barram de uma vez por todas a invasão dessa intrusa pavorosa

O verão é a estação em que as baratas costumam aparecer com mais frequência. Se a faxina não for caprichada, então, a chance dessas criaturas passearem pela casa aumenta ainda mais.

E o problema não está apenas na aparência delas: além de nojentas, podem transmitir doenças, pois carregam bactérias. Para piorar, qualquer cantinho ou fresta é suficiente para se proliferarem. Fábio Morais, engenheiro agrônomo do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), ensina algumas soluções naturais capazes de acabar com elas rapidamente. Assim, você não vai precisar mais apelar para os inseticidas convencionais, que costumam ser tóxicos e podem prejudicar a saúde de toda a família.


Antes de partir para o ataque, veja onde elas se escondem...

■ Fendas e rachaduras de móveis

■ Frestas de portas e janelas

■ Caixas de papelão, caixotes e lugares onde armazenamos roupas, papéis e ração de animais de estimação

■ Atrás ou embaixo da geladeira, fogão e micro-ondas

■ Lugares onde haja entulho e resto de madeira

■ Saída de ar condicionado

■ Tubulação de esgoto e canos de cozinha, banheiro e lavanderia



Limpeza sempre afasta o inseto

■ Feche os potes de mantimentos e não deixe comida exposta. Restos de alimentos atraem as baratas. Evite também deixar prato sujo na pia de um dia para o outro. Lave na hora!

■ Passe pano úmido com vinagre branco em todo o piso, paredes, prateleiras e bancada da cozinha. Isso afugenta as bichanas. Ah, guarde as panelas de cabeça pra baixo, assim ela não depositam os ovos lá dentro.

■ Limpe regularmente a torradeira. As baratas costumam se esconder para comer as migalhas que ficam lá.

■ Aspire frequentemente embaixo do sofá, cama e tapete.

■ Limpe as caixas e estantes onde guarda livros e documentos.

■ Tampe os ralos. É por aí que elas normalmente entram em casa.

■ Vede com borracha, silicone ou cimento as fendas, buracos e frestas.

■ Coloque o lixo para fora. Não deixe que ele fique muito tempo no quintal. Use uma lixeira com tampa. 

■ As intrusas são atraídas por água. Conserte vazamentos e areje cômodos úmidos abrindo as janelas.

■ Não acumule sujeira. Elas se aninham em qualquer coisa, desde restos de papel até roupas.


Exterminadores naturais

1 Espalhe folhas de louro nos lugares onde elas aparecem. O cheiro funciona como repelente.


2 Pingue gotas de óleos essenciais de eucalipto e alecrim num chumaço de algodão e espalhe pelos lugares por onde elas surgem. Aproveite e umedeça um pano e passe em todo o piso. O cheiro também afugenta o inseto.


3 Prepare uma massa com 1 cebola picada, 100 g de ácido bórico (à venda em farmácias), 1 colher (sopa) de farinha de trigo e 1 pitada de açúcar. Faça bolinhas e distribua pela casa. A mistura causará um estrago no estômago delas e as matará. Atenção: mantenha os animais de estimação longe, pois pode ser tóxico para eles também!


4 Misture açúcar e bicarbonato em partes iguais, coloque em tampas de garrafa e espalhe pelos cantos. O doce vai atrair a bichana e, ao comer a isca, ela será envenenada.


5 Coloque bolas de naftalina nos cômodos da casa. As baratas odeiam esse cheiro.


6 Espalhe bórax (à venda em farmácias e casas de produtos de limpeza). Quando elas encostam na substância, desidratam e morrem. 

7 Adicione 20 gotas de óleo essencial de lavanda a 500 ml de água e borrife na soleira das portas e nas janelas, de manhã e à noite. A essência deixa a casa cheirosa e, de quebra, age como um repelente natural. 


8 Coloque detergente em 200 ml de água (tem que colocar o bastante para deixar o líquido escorregadio) e jogue em cima da dita cuja. O sabão entope os poros e as impede de respirar. Outra maneira é jogar álcool gel em cima delas. É morte na certa!


fonte: revista Ana Maria

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA