18/12/15





Organização é uma das chaves para manter tudo sob controle


Um levantamento realizado pela Isma-BR (Internacional Stress Management Association - Brasil), associação voltada para o estudo do estresse, mostrou que 80% dos entrevistados apresentaram um aumento no nível de estresse durante o último mês do ano. 

Em média, o índice de estresse sobe 75% em relação ao restante do ano. O cansaço de fim de ano pode até servir como sinalizador para muitas doenças

Dores de cabeça e no corpo, aumento da pressão arterial, problemas gastrointestinais, taquicardia e angústia são os principais sintomas de estresse excessivo.


Algumas atitudes simples - mas poderosas - ajudam no gerenciamento do estresse. Confira 6 passos para comemorar o ano novo de cabeça fresca.

1. Seja realista
O primeiro passo para superar o estresse de fim de ano é ser realista quanto às suas expectativas. Liste as tarefas pendentes e reflita como conseguirá administrar seu tempo para realizá-las.

2. Estabeleça prioridades
Se a lista tem mais tarefas do que tempo livre, é melhor estabelecer suas prioridades e focar nelas. O que não é essencial pode ficar para o próximo ano. A frustração por não conseguir cumprir a dezena de tarefas de fim de ano gera um estresse ainda maior.

3. Mantenha o foco
Não perca tempo com tarefas dispensáveis. Manter o foco é essencial, especialmente no trabalho. Mantenha-se concentrado nas suas funções, pois estre é o momento de adiantar suas tarefas para sair de férias com tranquilidade. Isto significa que é hora de controlar o tempo gasto em redes sociais e conversas casuais com os colegas de trabalho.

4. Relaxe
Uma pesquisa realizada pela Universidade do Texas Tech, EUA, mostrou que técnicas de controle mental e relaxamento, como meditação budista e yoga, ajudam – e muito – no gerenciamento do estresse. Pacientes que aderiram a essas técnicas obtiveram melhores resultados durante tratamentos exaustivos. Não é preciso separar horas do dia para essas práticas. Dois intervalos de 20 minutos ao longo do dia já são suficientes para manter o estresse sob controle.

5. Delegue tarefas
Algumas pessoas têm o hábito de tentar controlar tudo. Desprenda-se dessa ideia e não tenha medo de pedir ajuda. As crianças podem contribuir na organização e decoração da casa para as festas e avós e tias podem ajudar nos preparativos para a ceia, por exemplo. Delegue tarefas!   

6. Faça um planejamento financeiro
Uma das maiores causas do estresse de fim de ano é a situação das finanças. Com tantos presentes para comprar e contas a pagar, é comum se desesperar ao ver que as contas não vão fechar no fim do mês. Para evitar esse desgaste, faça um bom planejamento financeiro e não pense duas vezes antes de cortar os gastos fúteis. Priorize as contas importantes e defina um valor máximo para os gastos com presentes. Respeite esse orçamento e, se possível, economize ao menos 20% do valor previsto para eventualidades.


fonte: m de mulher

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA