18/11/15




Depois de uma atuação apagada na vitória por 3 a 0 do Brasil sobre o Peru, na última terça-feira (17), Neymar tentou entregar sua camiseta para o árbitro José Buitrago, que prontamente recusou. O episódio acabou repercutindo na mídia internacional, que aproveitou a ocasião para criticar o atacante brasileiro.
O jornal "ABC", da Espanha, chegou a dizer que o motivo de Neymar ter oferecido a camisa ao árbitro seria uma maneira de amenizar as constantes reclamações feitas pelo brasileiro durante a partida. "Depois de Neymar estender suas mãos, o colombiano se negou a aceitar o presente, pensando nas constantes reclamações do jogador durante a partida assim como seria inapropriado aceitar um presente de um jogador na frente de todo mundo", escreveu.
Já o "Líbero", do Peru, foi além e afirmou que Neymar passou "vergonha de sua vida". "O craque do Barcelona ofereceu sua camisa, mas o árbitro se negou a recebê-la, fazendo com que ele passasse a vergonha de sua vida em nível mundial".
O fato também chamou a atenção da mídia inglesa. O "Daily Mirror" relatou o acontecido e disse que "Neymar não parecia impressionado com o compromisso que Buitrago teve com a imparcialidade. Ele parecia estar um pouco irritado com a rejeição e petulantemente jogou sua camisa para alguém de sua equipe".
Mesmo sem Neymar nos melhores dias, o Brasil venceu com tranquilidade, com gols de Douglas Costas, Renato Augusto de Filipe Luís. Com a vitória, a equipe comandada por Dunga assumiu a terceira colocação das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

        fonte: uol
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA