09/11/15


Não é necessário sofrer, algumas coisas podem ser feitas para que o par dos seus sonhos não te machuque tanto
Mulheres, quando se apaixonam, tendem a fazer qualquer coisa para viver esse amor – e, claro, essa frase se aplica muito mais a sapatos que a homens, para falar a verdade. Quando você vê um sapato em uma vitrine pelo qual se sente atraída, ainda que ele seja um pouco apertado e, por isso, te mate de dor nos pés durante vários dias, é provável que compre o par e nem reclame das consequências, no fim. Mas não é necessário sofrer, algumas coisas podem ser feitas para que o par dos seus sonhos não te machuque tanto.

1. Tente amaciá-los antes de ir para a rua com eles

Homens diriam que é loucura comprar um sapato que não se encaixa perfeitamente nos seus pés, mas o fato é que não estamos preocupadas com isso. Se não havia outra numeração na loja ou a forma simplesmente te incomoda, procure fazer um teste antes de ir a qualquer lugar usando o par. Use em casa, durante algumas horas por dia. Isso vai moldando o sapato ao formato dos seus pés e permite que eles não te machuquem tão cruelmente quando você decidir usá-los para valer.

2. Use hidratante nos pés – e nos sapatos

Se estiver com dificuldades para calçar os sapatos, experimente passar um pouco de hidratante nos pés. Se isso não for o bastante, espalhe também um pouco de hidratante por dentro do sapato, nas áreas que parecem incomodar mais. Isso ajuda a “esticar” um pouco o calçado e “escorregar” seu pé para dentro dele. A dica funciona especialmente bem em sapatos de couro.

3. Use sacos com água

Preencha um saco plástico com água e amarre bem, de modo que a água não vaze. Em seguida, encaixe o saquinho no sapato, fixando com elásticos ou fita adesiva e tomando cuidado para que a água se concentre principalmente nas áreas mais apertadas. Feito isso, coloque o sapato no congelador. O que ocorre é que, conforme a água vira gelo, ela se expande e “leva” o sapato junto.

4. Experimente esquentá-los com um secador de cabelos

Vista uma meia grossa e esforce-se para calçar o sapato em questão mesmo com elas. A seguir, pegue um secador de cabelos e posicione-o a uma distância segura dos sapatos, de modo que ele possa esquentá-los sem queimá-los. Ao mesmo tempo, tente mexer os pés dentro do sapato, para que ele vá cedendo aos poucos.

5. Apele para o uso inusitado de batatas

Sim, batatas comuns, as mesmas que você usa para fazer batatas fritas ou purê de batatas. A única exigência é que elas sejam grandes o bastante para preencher todo o calçado. A técnica estranha, porém eficaz, consiste em encaixar a batata dentro do sapato e deixá-la ali por algum tempo – uma noite ou duas, dependendo da gravidade da situação. A batata fará o papel de pé e manterá o calçado esticado de modo que ele venha a ceder, depois de passado algum tempo. Se o problema é na área dos dedos, por exemplo, você pode usar batatas menores, prendendo-as apenas naquela região.

http://www.dicasdemulher.com.br/
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA