26/09/15

As câimbras podem ser simples de resolver, mas não deixam de ser um incômodo doloroso que aparece sem avisar e que, se não for tratado, pode indicar um problema de saúde mais sério.


Como as câimbras são uma contração involuntária dos músculos, a grande maioria se resolve apenas relaxando o local. Ao contrário do que se pensa, alongar o músculo na hora da câimbra é um erro e vai intensificar a dor, conseguindo piorar o problema. Quando você tiver uma câimbra, procure relaxar o membro afetado o máximo possível, imobilizando-o imediatamente, pois os movimentos contraem os músculos ainda mais. Só depois da dor ter passado são recomendados alongamentos. Aliás, tente se exercitar regularmente para prevenir as inconvenientes e dolorosas câimbras.


Possíveis causas de câimbras crônicas

Você tem câimbras frequentemente? Isso pode ser um sinal de:
— Deficiência de minerais, sobretudo de potássio, magnésio, ferro e cálcio
— Carência de vitamina E
— Desidratação (por causa de suor excessivo, diarreias etc.)
— Estresse
— Doenças como artrite, arteriosclerose ou fibromialgia
— Medicamentos diuréticos
Por outro lado, se você tiver câimbras ocasionais, muito espaçadas, isso pode se dever a:
— Falta de alongamentos musculares antes e depois de fazer exercícios.
— Movimentos bruscos.
— Excesso de frio.
Abaixo, revelaremos maneiras de lidar com as câimbras quando elas aparecerem, assim como formas de prevenção.

Imobilização e alongamentos

Os alongamentos são excelentes para prevenir câimbras, mas nunca devemos alongar um músculo com câimbra, durante o pico da dor. Nesse estado, o músculo está muito contraído e não deve ser movimentado, pois isso o contrai ainda mais.
Quando a dor passar, entretanto, alongue suavemente os músculos, muito devagar, para não provocar mais dor.

Massagem com óleos vegetais

Usando um pouco de óleo vegetal (como o azeite de oliva, o óleo de girassol, de gergelim, coco ou de amêndoas), pode-se massagear o músculo, exercendo uma leve pressão sobre a área afetada pela câimbra. Para fazer as massagens, siga o sentido contrário à da dor.
A massagem vai estimular o sistema circulatório, aquecendo a área afetada. O calor é benéfico para relaxar os músculos e eliminar a câimbra.

Compressas quentes

Você também pode aplicar compressas quentes sobre a região afetada pela câimbra, aquecendo-a e relaxando-a. Para isso, use bolsas de água quente, toalhas ou gazes aquecidas. Alterne a aplicação das compressas quentes com as massagens indicadas acima.

Álcool de alecrim

O álcool de alecrim é estimulante da circulação sanguínea, sendo usado até mesmo para promover o emagrecimento e combater a celulite. Você pode preparar o álcool de alecrim facilmente em casa, seguindo os seguintes passos:
— Lave bem alguns ramos de alecrim fresco, se possível, com flores.
— Coloque álcool a 70° (à venda em farmácias) em um recipiente de vidro que possa ser fechado hermeticamente.
— Ponha os ramos de alecrim dentro do frasco com álcool e deixe maturar, bem tampado, durante 15 ou 40 dias, em um local escuro e seco.
— Todos os dias, agite um pouco o frasco.
— Depois desse período, filtre o álcool de alecrim e conserve-o em um frasco de vidro escuro e bem fechado.

Como prevenir as câimbras?

Se você tiver câimbras toda semana, é preciso procurar ajuda médica, pois pode ser desde uma avitaminose a um problema circulatório ou inflamação grave. Se a frequência das câimbras não for tão extrema, tome nota de algumas dicas para evitar esse desconforto:
 Alimente-se com uma dieta rica em magnésio e potássio, minerais que podem ser encontrados no tomate e na banana, por exemplo. O cacau também é uma boa opção.
 Adote o hábito de comer uma salada por dia contendo frutos secos e brotos, que garantirá uma boa quantidade de vitaminas e minerais para o corpo.
 Faça exercícios semanalmente para manter os músculos em excelente forma.
— Duchas de água fria são boas para as pernas, glúteos e outras áreas muito propensas a câimbras, como as panturrilhas.
— Antes de exercitar, sempre faça alongamentos. Repita-os depois que terminarem os exercícios.
Note que, com essas dicas simples, é possível ter uma vida livre de câimbras, um incômodo que pode trazer dores intensas e muito inconvenientes. A câimbra é inclusive perigosa, se acontecer em uma pessoa que esteja em uma piscina funda, por exemplo, ou em outras situações de risco, como dirigindo ou operando máquinas.
Previna-se com as dicas acima e tenha mais saúde e segurança!

fonte: melhor com saúde

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA