26/08/15



No início desta semana, famosas como Deborah Secco, Bela Gil, Marjorie Estiano, Luana Piovani, entre outras, despertaram a curiosidade dos fãs com postagens misteriosas em suas páginas no Facebook: “foi a quina da mesa”, “foi a maçaneta da porta”, “foi a torneira do chuveiro”, entre outros recados foram publicados por elas





Para quem ficou sem entender, as postagens fazem parte da campanha “Curiosidade Salva”, que tem como objetivo alertar e chamar a atenção para a realidade alarmante da violência doméstica no Brasil, que muitas vezes não é denunciada pelas vítimas e por pessoas próximas a elas, que conhecem a situação.

o clicar no botão “editado” que aparece nos posts, uma nova mensagem surge na tela: “É isso que você deve fazer sempre: reparou alguma coisa estranha, procure saber mais. Muitas vezes, uma torneira é um marido agressivo e a vítima não tem coragem de dizer. Viu sinais de agressão? Denuncie. Faz um 180 e dê uma virada nessa realidade”.



Violência contra a mulher

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde 2013, realizada pelo do IBGE, 3,1% das mulheres brasileiras maiores de 18 anos (um total de 2,5 milhões de mulheres) já foi vítima de agressão física, verbal e emocional de autoria de conhecidos, como pai, irmão, marido, amigos ou pessoas do convívio em geral. Parte dos casos, no entanto, fica sem solução por falta de denúncia.

Como denunciar

A mulher que passa por um caso de violência ou quem quiser denunciar um caso suspeito pode procurar a polícia ou ligar para o 180, número da Central de Atendimento à Mulher, do Governo Federal. É fundamental não desistir da denúncia, já que o processo costuma ser longo.

fonte:bolsademulher.com


0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA