24/08/15





A sua desculpa para não incluir a salada na marmita era falta de tempo? Está na hora de colocar essas táticas em prática. Assim, você consegue fazer todas as saladas da semana de uma só vez. É simples, vem ver!

A escolha do potinho
Para escolher o potinho ideal, você deve pensar em duas coisas: como vou levar a marmita para o trabalho e onde ela ficará até a hora do almoço. Os recipientes de plástico com tampas são os mais populares, uma vez que é leve e resistente. Você também pode usar potinho de vidro. Só não se esqueça de que eles são frágeis e grandes, o que pode dificultar o transporte – isso se você pega ônibus, metrô ou trem para chegar ao trabalho. A boa notícia é que ambos os recipientes são baratos e fáceis de encontrar.

Se você vai adotar o recipiente de plástico...
Lembre-se de escolher aqueles com forma retangular e plana. Assim, você economiza espaço na geladeira (é só empilhar) e também organiza melhor os legumes na marmita, impedindo que os ingredientes fiquem espalhados e com o aspecto “murcho”. Siga o passo a passo para montar a sua salada:

1. Comece com as folhas verdes
Encha o pote com, aproximadamente, duas ou três xícaras (chá) de folhas. Mas, atenção: antes de colocar os ingredientes, certifique-se de que elas estão completamente secas. Para economizar tempo, você pode comprar um pacote de folhas verdes pré-lavadas.

2. Adicione os legumes, as leguminosas e as frutas
Depois das folhas, coloque ingredientes como: cenoura, pepino, tomate cereja (mantenha inteiro), pimentão, brócolisgrão-de-bico, feijão, milho, ervilha, ou mesmo frutas como uvas ou mirtilo. O truque, mais uma vez, é secar cada ingrediente com uma toalha de papel. Isso vai fazer com que eles fiquem conservados por mais tempo.

3. Acrescente a proteína
Aposte em fontes de proteína de alimentos diferentes, como tofu, frango grelhado, ovo cozido, certos tipos de queijo, como cheddar em cubos ou cozido, grãos, como quinua ou arroz integral. Depois de concluir as duas primeiras etapas, acrescente a proteína por cima. A dica aqui é adicionar os ingredientes somente nas saladas dos três primeiros dias da semana (segunda-feira, terça-feira e quarta-feira). Na quarta-feira à noite, coloque as proteína nos recipientes de quinta-feira e sexta-feira. Faça o mesmo com as frutas muito úmidas (abacate ou morangos fatiados), com as nozes e as sementes.

4. Mantenha o molho separado
Deixe o molho separado até a hora de consumir a salada.


CLIQUE AQUI PARA APRENDER RECEITAS DE MOLHOS


Se você vai adotar o recipientes de vidro...
Optar pelos frascos de vidro com tampas, pode ser ainda mais fácil de organizar a salada. É importante lembrar que esses truques só funcionam se você manter os potinhos na vertical.

1. Comece pelo molho
Desde que você mantenha o frasco na posição vertical, o molho vai ficar separado dos vegetais. Isso é ótimo se você não quer levar o tempero em um potinho separado.

2. Coloque os vegetais
Comece a sua marmita com legumes mais duros, como cenouras, rabanetes, cebolas e grão de bico. Em seguida, coloque ingredientes mais delicados, como pimentões, pepino cortado e tomate cereja.

3. Acrescente as folhas verdes
A quantidade de folhas deve ocupar, pelo menos, a metade do frasco. Mas, lembre-se: a sua salada estar bem sequinha.

4. Por último, a proteína
Polvilhe um pouco de tofu, frango grelhado e queijo ralado por cima. Estes ingredientes são mais “pesados”, logo eles vão ajudar a empurrar as folhas verdes para baixo. Com isso, você ganha mais espaço na sua marmita. Você também pode adicionar abacate, nozes ou sementes, e frutas secas.


Dica extra: hora de temperar sua saladinha!
Quando for comer, você pode agitar o recipiente, para distribuir o molho ou despejar todo o conteúdo em uma tigela.

http://mdemulher.abril.com.br/
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA