22/03/15



Nós fomos buscar esta receita no site prato fundo, onde Victor Hugo dá dicas incríveis de como assar vegetais. 


Cozinhar vegetais e legumes assim, adiciona aquele gostinho de queimado/caramelizado bem comum em assados em geral. Além de ser uma maneira diferente de encarar os mesmos ingredientes. E não precisa ir muito longe nisso não.

Cebola, batata, cenoura, abóbora, alho-poro, alho… Possibilidades são vastas e fartas. Basta escolher. O tempero não poderia ser o mais simples de todos: sal, pimenta do reino e azeite (ou óleo mesmo). Claro, é possível acrescentar outros condimentos, mas se atendo ao básico é difícil de errar, além de provar o gosto do alimento em si.
Com as batatas acho bacana pré-cozinhar, isso diminui o tempo no forno. Mas nada impede de irem cruas também. Dessa vez como era uma só, foi crua mesmo para o forno. Cenoura? Parece bastante no começo, mas diminui consideravelmente. E a doçura natural aparece. Uma beleza.

O que diferente, basicamente, do uso normal do forno quando é assado vegetais é temperatura. Precisa ser alta, bem alta. Ao menos, nesse caso. Geralmente, uso em torno de 200-250ºC por cerca de 30-40 minutos. Começo com uma temperatura mais alta e depois abaixo para terminar o cozimento, mas depende do alimento. Temperatura mais baixas vão assar também, claro, mas o efeito do caramelizado será menor e não queremos isso.
A assadeira que uso é velha de guerra e criou uma camada anti-aderente com o passar do tempo, de tanto queima e tira de gordura e afins. Caso a sua não seja assim, recomendo que envolva muito bem os vegetais na gordura usada para que não grudem.


Servem como acompanhamento de carnes em geral, numa salada, com omelete. Tudo bem que comer eles sozinhos não é nada difícil.

http://pratofundo.com/
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA