25/01/15




Tânia tinha 55 anos e deixa dois filhos, Amanda e Guilherme. Além dela, que era a mais velha, Chorão tinha mais três irmãos: Fábio, Ricardo e Kátia. Questionado sobre como sua mãe, Nilda, de 77 anos está lidando com a situação - pois ela já estava muito fragilizada desde a morte do cantor, há um ano e nove meses -, Fábio disse que ela ainda não havia recebido a notícia (em conversa com o EGO por volta das 12h): "Estamos esperando a Kátia chegar para nos reunirmos à tarde e decidir como vamos falar para ela". Kátia mora em Luxemburgo e só irá conseguir chegar a Santos às 19h30.
"Tudo começou com uma dor de cabeça fortíssima"


Ainda abalada, a apresentadora Sônia Abrão também conversou com o EGO no começo deste domingo, 25, quando se preparava para contar a notícia à sua mãe, que é cunhada da mãe de Chorão, antes de viajar para Santos. Ela explicou que o mal-estar de Tânia começou ainda na noite de sexta, 23. E que ela chegou a procurar a emergência mais próxima de sua casa, no Hospital Guilherme Álvaro, no Boqueirão.


"Tudo começou quando ela teve uma dor de cabeça fortíssima. Ela foi para o pronto-socorro mais perto de casa. Fizeram uma tomografia, mas como o resultado só saía de manhã, a medicaram e ela foi liberada. Acho que até pediram pizza para jantar. Aí, por volta das 4h, ela acordou gritando muito de dor. Quando o Gui a pegou no colo, ela já estava praticamente inconsciente. Levaram ela lá de novo e os médicos não deixaram ela ser transferida  Ela ficou paralisada quando teve o primeiro aneurisma e acharam que ela não teria condições de sair de lá. Na verdade, na tomografia, já foi detectado o princípio de aneurisma, mas como o resultado demora a sair... Ontem, às 12h, a equipe falou que o estado dela era muito grave e logo depois ela teve o segundo AVC, que foi devastador! Ela só resistiu mais algumas horinhas e morreu umas 14h".

Problemas familiares estavam gerando grande estresse
Elias, primo de Chorão e irmão de Sônia, também conversou com o EGO e revelou mais detalhes: "Ela teve o primeiro AVC de madrugada e foi internada em coma. Mas aí teve um segundo, não aguentou e morreu". Elias contou ainda que a doença tem histórico familiar: dona Nilda, mãe de Chorão e de Tãnia, já teve três aneurismas quando tinha cerca de 50 anos, idade da filha. 
Nilda, aliás, é a grande preocupação de toda a família. "Minha tia não vai aguentar. Mais um filho que ela perde! E com toda a situação que eles estão vivendo... Ela vai surtar!", acredita Elias. Os problemas aos quais o produtor se refere são relacionados a Alexandre, filho de Chorão. De acordo com Elias, após a morte do músico, Alexandre passou a afirmar que o apartamento em que a avó mora é seu - apesar de ter a deixado viver lá - e interrompeu o pagamento da mesada que o cantor dava à mãe para sustentar o local e comprar remédios. O caso está na Justiça.


http://ego.globo.com/famosos
foto: reprodução facebook
0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA