13/01/15

Primo afirma que Dealberto não caiu de hotel onde estava hospedado. 
Irmão da vítima fez novo contato com a família na noite de segunda (12).




O catarinense Dealberto Jorge Silva, 35 anos, morreu após cair de uma altura de 10 metros de um prédio na região de Playa del Carmen, no México. A informação foi repassada pela polícia do país à família, informou o primo da vítima, Juliano Girolla. O irmão de Dealberto, Fernando Silva, de 33 anos, realizou um novo contato com a família na noite de segunda-feira (12) e disse que "está em um local seguro" no México.

Os irmãos, que moravam em Jaraguá do Sul, no Norte catarinense, viajaram para o México no dia 2 de janeiro, para o casamento de um amigo. Depois da festa, eles ficaram na cidade para participar de um festival de música eletrônica, disseram familiares à RBS TV. Até a última quarta (7), os dois postaram imagens da viagem em suas redes sociais. Depois disso, pararam de publicar e desapareceram.
Ainda há poucas certezas sobre o caso até o início da manhã desta terça-feira (13). Segundo o primo, a polícia mexicana confirmou que Dealberto morreu após cair de uma altura de cerca de 10 metros, de um prédio na região de Playa del Carmen. Essa era a área em que a vítima estava hospedada, mas a queda não ocorreu do hotel dele. O primo afirmou que a região é formada por vários prédios de dois a três andares, mas ele não tem a confirmação se o edifício do qual Dealberto caiu também era um hotel.
O balneário de Playa del Carmen fica 70 quilômetros ao Sul de Cancún. O corpo foi reconhecido por uma amiga que viajava com os irmãos. Já o mais jovem, Fernando, foi inicialmente dado como desaparecido por familiares e amigos.

Dealberto e Fernando saíram do Brasil no dia 2
de janeiro (Foto: Reprodução/Facebook) 
Fonte G1

0

0 comentários:

Postar um comentário

 
COPYRIGHT (C) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - CANTINHO DAS IDEIAS
DESIGN POR SUSAN SANTOS | PROGRAMAÇÃO POR SARA SILVA